Enobrecer, dinamizar e estimular, o saber ser e estar, dos árbitros deste conselho regional.

31
Mai 11

Emanuel Garcia está de saída do FC Porto, devendo rumar na próxima temporada a Viareggio, equipa italiana que este ano chegou à final do play-off, encontrando-se a disputar o título com o Valdagno. O avançado, que chegou ao FC Porto em 1999/2000, está prestes a colocar um ponto final num percurso de 11 anos em que foi campeão de juniores e participando ainda, já como sénior, em todos os êxitos dos dragões. O JOGO sabe que o FC Porto terá iniciado há um mês negociações com o argentino, de 27 anos, mas que outros convites terão surgido entretanto sem que os azuis e brancos tenham voltado a abordar o jogador.

Valdagno e Viareggio, os dois candidatos ao título de Itália deste ano, estiveram na corrida pelo avançado e, ao que O JOGO apurou, a equipa da região da Toscana terá garantido Emanuel Garcia para 2011/12.

Para o lugar de Emanuel Garcia deverá entrar Caio. O avançado, em fim de contrato com o Benfica, não chegou a acordo para renovar e o regresso do jogador do FC Porto é o cenário mais provável. Recorde-se que Caio deixou o eneacampeão português em 2008/09, podendo agora ocupar o lugar de Emanuel Garcia. Só depois do fim do campeonato, já que o FC Porto luta pelo deca na jornada final frente à Oliveirense, haverá confirmações quanto ao futuro plantel portista.

publicado por JPCosta às 12:31

 

O novo pavilhão dos "leões" começará a ser construído no primeiro semestre de 2012 e o seu custo previsto ronda os 13 milhões de euros.

“O Plano de Pormenor Alvalade XXI (PPA) deve ser aprovado em Assembleia Municipal da Câmara entre Outubro e Novembro, pelo que prevejo que o pavilhão, numa estimativa optimista, comece a ser construído no primeiro semestre de 2012”, disse Mário Patrício após a reunião pública de esclarecimento promovida ao fim da tarde pela Câmara Municipal de Lisboa (CML) no auditório de Alvalade sobre esta temática.

O dirigente "leonino" lembrou que o PPA “era para estar aprovado em Dezembro de 2010” e que o início da construção do pavilhão depende também do “lançamento do concurso para a empreitada e da resposta da empresa de construção”, à qual será adjudicada a obra, razão pela qual considerou uma “utopia afirmar que o pavilhão vai estar construído dentro de dois ou três anos”.

O próprio Mário Patrício admite, agora, que a ideia de finalizar esta obra durante o mandato dos actuais órgãos sociais “não é um dado adquirido”, por condicionalismos que ultrapassam o próprio Sporting, embora seja “esse o objectivo”.

Quanto ao custo da obra, o dirigente "leonino" avançou com uma verba que tem sido apontada em torno dos 13 milhões de euros, mas advertiu que esta estimativa “não é rigorosa”, tendo em conta que se está a um do início da empreitada.

“Há um ano ninguém imaginava que o Fundo Monetário Internacional (FMI) entraria em Portugal. É preferível fazer as coisas bem feitas, investir mais tempo no projecto para evitar derrapagens e assegurar um controlo mais rigoroso”, observou Mário Patrício, que não quis levantar a ponta do véu acerca das fontes de financiamento a que o Sporting vai recorrer para construir o pavilhão, as quais “estão a cargo do Conselho Directivo e da área comercial”.

Lembrou que a fase de discussão do PPA “termina a 2 de Junho”, à qual se seguirá um período para eventuais questões até aquele “ser enviado para a Assembleia Municipal em Julho”, devendo esta pronunciar-se sobre o mesmo em Setembro, pelo que a sua aprovação deverá ocorrer “entre Outubro e Novembro de 2011”.

Por parte da CML marcou presença o arquiteto Duarte Capelo, que deu a conhecer detalhes do PPA, nomeadamente a localização do pavilhão, que será rodeado de um espaço ajardinado e não terá parque de estacionamento, e o seu enquadramento na área envolvente, que disporá de uma alameda, um corredor ecológico, passeios arborizados, vários tipos de vegetação à superfície, graça a uma área de drenagem subterrânea, entre outras mais-valias paisagísticas.

Duarte Capelo esclareceu que o pavilhão não terá qualquer parque de estacionamento adstrito, por entender que não faria sentido “gastar dinheiro nessa infraestrutura”, tendo em conta a oferta envolvente, “várias vezes superior ao necessário”, nomeadamente dos lugares de estacionamento do próprio estádio Alvalade XXI, e a que será posta à disposição “no âmbito do loteamento e do projeto do interface”.

 

 

 

publicado por JPCosta às 12:25

A Juventude de Viana, vice-campeã nacional de hóquei em patins nas duas últimas épocas, "carimbou" este fim de semana o regresso à II divisão, uma década depois da última descida.

Viana do Castelo, 30 mai (Lusa) - A Juventude de Viana, vice-campeã nacional de hóquei em patins nas duas últimas épocas, "carimbou" este fim de semana o regresso à II divisão, uma década depois da última descida.

A uma jornada do final do campeonato, a equipa de Viana do Castelo foi a Porto Santo, no arquipélago da Madeira, perder, sábado, com a formação local por 6-5 e, assim, hipotecou as últimas esperanças de continuar no principal escalão.

A Juventude de Viana necessitava de duas vitórias nas duas últimas jornadas para garantir a manutenção.

A equipa de Viana do Castelo, recorde-se, assegurou nas duas últimas épocas o segundo lugar no campeonato, sempre atrás do campeão FC Porto, com quem disputou renhidamente o primeiro lugar.

No entanto, pouco antes do início desta época, a equipa perdeu vários elementos decisivos no plantel, como Paulo Almeida e Luís Viana, ambos para o Benfica, entre outros.

O treinador que começou a época, Pedro Neto, ex-capitão de equipa, foi afastado devido aos maus resultados, tendo o internacional brasileiro Didi vindo a assegurar as funções de jogador-treinador desde março.

Com 28 pontos, a equipa que nos últimos três anos ficou sempre no pódio do primeiro escalão não foi além, esta época e uma jornada do final, de 17 derrotas, quatro empates e apenas oito vitórias, uma na receção ao FC Porto.

Além da situação desportiva, a Juventude de Viana continua sem encontrar uma direção para assegurar o futuro do clube, após três assembleias gerais em que nenhuma lista candidata se apresentou.

Uma quarta reunião magna eleitoral está já marcada para sábado, depois da anterior ter resultado, novamente, sem que qualquer lista se apresentasse à votação, como explicou à Agência Lusa o presidente daquele órgão, Mário Guimarães.

"Estamos na expectativa que, face aos contactos que serão feitos, seja possível encontrar uma nova equipa para liderar o clube. Estamos convencidos que isso vai acontecer", disse o presidente da Assembleia-Geral da Juventude de Viana.

Recorde-se que a equipa minhota era liderada por António Longarito, que em julho de 2010 pediu a suspensão das funções por motivos profissionais. A direção do clube foi assumida, até agora, por Rui Natário, um dos vice-presidentes.

No entanto, como explicou Mário Guimarães, o mandato destes órgãos sociais, entretanto, terminou. "Este mandato já chegou ao fim. Mas temos a garantia de que a atual direção vai continuar em funções até resolvermos a situação".


publicado por JPCosta às 12:16

29
Mai 11

Benfica e FC Porto vão travar mais uma batalha no desporto nacional. Desta vez os dois grandes portugueses estão numa luta acesa para ver qual dos emblemas se irá sagrar campeão nacional de hóquei em patins.

A decisão ficou guardada para a derradeira jornada, já que ambas venceram os seus jogos da penúltima ronda. Os encarnados deslocaram-se ao terreno do Cambra e venceram com dificuldade por 6-5. O FC Porto viajou até Barcelos para defrontar o Óquei e venceu por 4-2.

Ambas as equipas partem para a última jornada com 79 pontos, mas os dragões têm vantagem no confronto direto, já que venceram os dois jogos com o Benfica.As duas equipas venceram 25 jogos, empataram um e perderam dois.

A derradeira etapa está marcada para o próximo fim-de-semana, com o FC Porto a receber a Oliveirense (3.ª classificada) e o Benfica o Porto Santo (12.º).

 

In:http://relvado.aeiou.p

publicado por JPCosta às 19:12

publicado por JPCosta às 12:29
tags:

28
Mai 11

 

Exige-se do árbitro na actualidade, cada vez mais profissionalismo no que diz respeito a sua postura dentro e fora do ringue. A cada tomada de decisão, o árbitro é obrigado a provar seu conhecimento e, por extensão, sua capacidade. Não lhe é permitido equivocar-se e cobram-lhe a perfeição e às vezes, o impossível. Mas é esta a sua missão, e ao escolher tão nobre actividade, é seu dever desempenha-la da melhor maneira. Daí a importância do árbitro, a partir do momento em que recebe a nomeação, estabelecer um planeamento da partida que vai apitar. Planeamento este que deve conter o local do jogo, o horário, as equipes envolvidas e o meio de locomoção para que a arbitragem chegue com a antecedência necessária antes do início da partida, e então possa contextualizar o confronto que irá trabalhar.
Dentro deste contexto, deve estar inserido a importância do jogo, a conversa com o chefe do policiamento e as directrizes de segurança para o árbitro e os demais membros da equipe de  arbitragem, as  equipes envolvidas, os principais atletas e suas possíveis nuances, a indumentária que os árbitros irão utilizar, e o plano de trabalho que será utilizado a partir da entrada do árbitro e assistentes no recinto de jogo, com bola em jogo ou com bola parada, o desenvolvimento da partida e as funções de cada integrante da arbitragem nas diferentes situações que podem ocorrer numa partida.

 

desejo boas arbitragens.

 

JPCosta

publicado por JPCosta às 15:19

O FC Porto joga hoje em Barcelos (18h00), na penúltima jornada do campeonato, e os seus jogadores Reinaldo Ventura e Filipe Santos estiveram ontem na Escola Secundária da Maia a conhecer e testar um novo piso plástico a convite de Jorge Lopes, director técnico nacional e professor da instituição. O novo piso poderá ser a solução para a prática do hóquei em patins em escolas e clubes pequenos. Além da experiência, os dragões apresentaram a Strike, uma marca de roupa desportiva da qual são ambos embaixadores.

 

publicado por JPCosta às 14:47

27
Mai 11

Assinou contrato por duas temporadas

Pedro Afonso regressa a Portugal e ao Pico para representar novamente o Candelária. O jogador do Liceo da Corunha assinou contrato com a equipa açoriana por duas temporadas, depois de já a ter representado entre 2007 e 2009, na altura por empréstimo do Benfica. “O regresso ao Candelária acontece no melhor momento da minha carreira desportiva”, afirmou-nos, ontem, o internacional português.

Aos 29 anos e triunfante ao serviço do Liceo, Pedro Afonso regressa também para estar junto da família, “que é o meu suporte para tudo na vida”, realça.

Formado no Paço de Arcos, ao serviço do qual conquistou uma Taça CERS, Pedro Afonso ingressou no Benfica em 2004, tendo permanecido na Luz durante três épocas, onde foi orientado por Carlos Dantas, seu treinador agora no Pico. Depois da passagem pelo Candelária, regressou ao Benfica para uma época – conquistou a Taça de Portugal – mas, pouco utilizado, rumou ao Liceo. A aposta foi ganha, e na temporada que agora termina Pedro Afonso venceu, ao lado de Ricardo Barreiros, a Liga Europeia. “Sem dúvida, o momento mais alto na minha carreira”, confessa.

 
publicado por JPCosta às 11:34

Realista no Espinho

A Académica de Espinho apostou em Carlos Realista para treinador na próxima época. O ex-jogador terá a seu lado Vítor Hugo, que assumirá o cargo de coordenador do projecto do clube para 2011/12.

Os dois pesos-pesados do hóquei nacional assumem juntos uma nova etapa num clube que com Paulo Freitas está há três anos na I Divisão. O actual técnico, no comando da equipa espinhense há cinco temporadas, foi responsável pela subida do emblema ao campeonato principal, mas, convidado pela direcção a renovar, declinou a proposta. O JOGO sabe que Paulo Freitas alegou ter chegado o fim de um ciclo, sendo que, entretanto, o seu nome já consta da lista da Oliveirense que procura um treinador para o lugar de Tó Neves.

Carlos Realista, antiga glória do hóquei nacional, tendo sido o único português a jogar no Barcelona, já tem experiência de treinador, depois de ter orientado durante alguns anos os juniores do FC Porto, que com ele foram campeões nacionais. Após duas épocas sem treinar, Realista regressa aos rinques e à I Divisão, com uma equipa que actualmente ocupa a nona posição e que está no bom caminho para a manutenção. Faltam duas jornadas e a Académica de Espinho vai a Tomar e recebe o Cascais. Na primeira volta, bateu o Sporting de Tomar em casa (7-2) e perdeu em Cascais (4-1).

O papel de Vítor Hugo será mais abrangente, na coordenação da modalidade e uma das suas primeira intervenções passará, certamente, pelo planeamento da época e constituição do plantel, onde deve permanecer a maioria dos jogadores.

Recorde-se que Vítor Hugo, um dos imortais do hóquei luso, saiu dos grandes palcos pela porta grande há oito anos, ao ter orientado a Selecção Nacional que em 2003 se sagrou campeã mundial em Oliveira de Azeméis, de resto, o último grande título das cores portuguesas.

Carlos Realista e Vítor Hugo estão de volta e, depois de terem jogado na mesma equipa (FC Porto), voltam a trabalhar juntos.

 

Campeonato Nacional

O peso de um objectivo falhado na Liga Europeia podia fazer estragos no regresso à recta final do campeonato, mas a longa experiência do FC Porto permitiu-lhe ultrapassar mais um duro obstáculo, agora vencendo a Física por 7-3.

A primeira parte foi mais sofrida, face à réplica dos visitantes, que responderam rápido ao primeiro penálti de Reinaldo Ventura (9') e ao livre-directo de Pedro Gil (13'), mas mais dois penáltis de Ventura (23' e 31') acabaram por dar vantagem aos anfitriões (4-2). A defensiva Física foi cedendo posições, deixou-se desequilibrar por um FC Porto determinado, a jogar em profundidade, e aqui Pedro Gil não deu hipótese: marcou mais um golo fantástico, de fora (32'), e assistiu André Azevedo para o sexto dos azuis e brancos (47'). A contagem foi selada a quatro minutos do fim, outra vez de bola parada; Ventura fixou o resultado com um livre-directo. Houve mais uma grande penalidade a favor do eneacampeão (48'), mas Reinaldo desta vez não marcou.

No final, Franklim Pais, técnico portista, admitiu que não falhar nas bolas paradas foi determinante, enquanto Vítor Fortunato, treinador da Física, não prestou declarações, provavelmente descontente com as faltas assinaladas aos seus jogadores.

Atento nas bancadas esteve um assíduo espectador: Tó Neves, futuro adversário e que na próxima época será técnico do FC Porto.

publicado por JPCosta às 10:06

26
Mai 11

Derrota esta quarta-feira à noite diante o Candelária (7-2) confirmou a despromoção

O Sp. Tomar perdeu esta quarta-feira à noite nos Açores, diante o Candelária, por 7-2, e confirmou desta forma a descida à 2ª Divisão Nacional de hóquei em patins. A duas jornadas do fim do campeonato o Sp. Tomar poderá fazer 31 pontos (se ganhar ao Ac. Espinho e Limianos) mas será insuficiente uma vez que tem três equipas acima da linha de água com 32 pontos.
No jogo desta quarta-feira o Candelária abriu o marcador aos 10 minutos e ao intervalo já ganhava por 2-0. Gonçalo Santos e Gonçalo Favinha marcaram para os "leões", mas por esta altura já a equipa da casa vencia por 3-0 e 4-1. Até ao final o Candelária avolumou o marcador, fixando o resultado final em 7-2.
publicado por JPCosta às 09:43

FC Porto vence Física (7-3)

O FC Porto venceu esta quarta-feira a Física por 7-3, em encontro da 28.ª jornada da liga. Com este triunfo, os dragões voltam ao primeiro posto da tabela classificativa, com os mesmos pontos do Benfica.

Com 4 golos, Reinaldo Ventura foi o melhor em campo. Pedro Gil (2) e André Azevedo apontaram os restantes tentos da formação azul e branca.

Do lado da equipa de Torres Vedras, Samuel Lima e German Dates (2), foram os autores dos golos.

No outro encontro do dia, o Candelária recebeu e venceu o Tomar por 7-2.

publicado por JPCosta às 09:39

25
Mai 11

TORNEIO REGIONAL DE ENCERRAMENTO

SÁBADO 28 MAIO 2011

jogo nº126 15:00 SC Marinhense X CRC Águias (Infantil) Árbitro: Élio Rodrigues


jogo nº135 15:00 HC Turquel(B) X CN Rio Maior (Infantil) Árbitro: Hélder Coelho


jogo nº84 16:00 HC Turquel X SC Tomar (Júnior) Árbitro: Hélder Coelho


DOMINGO 29 MAIO 2011

jogo nº125 10:30 BIR X HC Turquel(A) (Infantil) Árbitro: David Barros

jogo nº229 11:00 Alcobacense X SC Marinhense (Iniciados) Árbitro: Luís Duarte

publicado por JPCosta às 22:24

O acesso à Liga Europeia vai mudar. A prova mantém a estrutura de 16 equipas em quatro grupos de quatro, com final-eight, mas a forma de lá chegar será diferente, sendo que o vencedor da Taça CERS perderá entrada directa. "Continuamos a utilizar o ranking europeu de clubes, mas agora actualizando anualmente os pontos ganhos por cada um, em representação do seu país, para se obter o ranking de países. Através do método de Hondt, chegamos ao número de equipas por país", revelou Carlos Graça, presidente do Comité Europeu (CERH), explicando: "Retira injustiças, como aconteceu no ano em que o Liceo, segunda equipa de Espanha, participou na Taça CERS."

Espanha tem direito a cinco equipas, Portugal a quatro, Itália a três, e Alemanha, Inglaterra, França e Suíça a uma. "Estes são os que têm campeonatos regulares activos", anotou, frisando: "Será obrigatória a presença do campeão europeu e campeões nacionais. Se um recusar, não será substituído, e o país perde o lugar. Uma eventual vaga transita para o país imediatamente abaixo." À 46ª edição da Liga Europeia, Carlos Graça deu "nota positiva às equipas portuguesas e à organização", evidenciando "o colorido de Andorra, pela proximidade com a Catalunha e pela presença de emigrantes lusos". Portugal não recebe a prova desde 2006, e uma candidatura nacional, em tempos de crise, acaba sempre por estar condicionada a um pesado caderno de encargos, que oscila entre os 80 e os cem mil euros. Só o troféu vale três mil, pesa 35 kg e, curiosamente, é feito no Cartaxo. Os custos de Andorra foram suportados pelo Governo do principado e por um empresário proprietário dos hotéis onde se alojaram as oito equipas.

publicado por JPCosta às 21:30

Ricardo Barreiros foi um dos rostos da vitória da equipa espanhola na Liga Europeia, com dois golos.

 

Os espanhóis do Liceo da Corunha sagraram-se no passado fim-de-semana campeões da Liga Europeia de hóquei em patins, num título espanhol com sabor muito português.

Com efeito, a equipa espanhola conta com os portugueses Ricardo Barreiros, Pedro Afonso e Tiago Sousa, com o primeiro a ter um papel preponderante na conquista, ao apontar dois golos na final decisiva com o Réus.

«Este ano havia vários favoritos e, por isso, todos os jogos foram muito difíceis, principalmente o que realizámos frente ao FC Porto e ao Réus. Com os portistas, depois de lograrmos uma boa vantagem, deixámo-nos surpreender, o que prova a qualidade desta equipa. Com o Réus verificou-se o contrário. Estivemos a perder 3-0, não perdemos a cabeça e conseguimos dar a volta. Tivemos a estrelinha da sorte», afirmou o hoquista luso, de 29 anos.

Em declarações ao jornal Record, o avançado do Liceo da Corunha sublinhou ainda o prazer «especial». «Joguei frente a companheiros da Selecção Nacional, mas durante os jogos não há amigos. Somos profissionais. Mas no final todos nos felicitaram e desejaram que vencêssemos a Liga Europeia», frisou.  

Ricardo Barreiros tem mais um ano de contrato com o campeão europeu e poderá juntar o título espanhol a esta conquista na próxima quinta-feira, caso a sua equipa saia vencedora na deslocação ao reduto do Barcelona. 

 

In:http://desporto.sapo.pt

 

publicado por JPCosta às 21:25

O Mundial de Hóquei em Patins decorre em San Juan, na Argentina, no mês de Setembro

 

A selecção nacional vai disputar o Campeonato do Mundo de hóquei em patins, em San Juan, Argentina, no mês de Setembro. Portugal tem estreia marcada na competição com a selecção de Angola, no dia 25 de Setembro, pelas 20h30 locais. Os restantes jogos da selecção portuguesa vão ser realizados à mesma hora, nos dias seguintes, de forma a viabilizar as transmissões televisivas.

A equipa orientada por Rui Neto está integrada no Grupo C e vai ter como adversários Angola, Moçambique e Estados Unidos da América.

Nos quartos-de-final, Portugal pode vir a defrontar Brasil ou França, caso consiga o apuramento no Grupo C. Nas meias-finais, Portugal pode vir a defrontar a anfitriã Argentina.

 

In:http://desporto.sapo.p

 

publicado por JPCosta às 21:21

Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20

22
23

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
pesquisar
 
pesquisar
 
Árbitros de Leiria/Época 2012/13
Nacional "A": ---- Nacional "B": António Peça, Armando Henriques, David Barros, Luís Correia, Orlando Ramos, Paulo Carvalho, Pedro Sousa, Vitor Roxo Regionais: Élio Rodrigues
blogs SAPO