Enobrecer, dinamizar e estimular, o saber ser e estar, dos árbitros deste conselho regional.

31
Ago 11

BRACARENSES COM OBJETIVOS ELEVADOS

“Conseguir igual” é a frase que deu o mote à apresentação do Hóquei Clube de Braga. Alberto Botelho, presidente, e Vítor Silva, treinador, afinam pelo mesmo diapasão. Após a excelente prestação da época passada, com o 5.º lugar no Nacional e a presença na Final-4 da Taça CERS, os bracarenses têm objetivos idênticos.

“Os objetivos mantêm-se elevados, mas temos de lembrar que saiu grande parte da equipa titular (Pedro Alves, Tiago Barbosa e Rodrigo Sousa). As saídas são compensadas em número mas não em valia. Logo teremos um trabalho de base intenso para que possamos colocar os novos atletas no mesmo patamar. Mas vamos lutar jogo a jogo para darmos o melhor. Espero tranquilidade para que este grupo consiga dar o melhor sem que lhes seja cobrado nada”. considerou o treinador Vítor Silva.

Já o presidente Alberto Botelho também está confiante:“Há dois campeonatos e vamos lutar pelo melhor lugar possível. Quem sabe podemos fazer alguma surpresa e subir ao outro? Quanto à Taça CERS, só poderei falar após o sorteio. A ver se é tão favorável quanto o da época passada”, desejou o dirigente dos bracarenses.

publicado por JPCosta às 22:27

Começou ontem, no Luso, o estágio da Selecção Nacional, que servirá de preparação para o Mundial da Argentina (24/09 a 4/10).

A O JOGO, o treinador Rui Neto explicou que, no arranque dos treinos, "será privilegiada a forma física" e ainda "a adaptação dos mais jovens ao grupo mais experiente" e, sobretudo, sublinhou "o grande empenho dos dez jogadores", que querem conquistar , em San Juan, um título que não é português desde 2003.

Esta primeira semana de trabalho terminará com um jogo frente ao Valongo (dia 2), sendo que se seguem mais três partidas de preparação (Gulpilhares, no dia 6; Ac. Espinho, no dia 8; e Oliveirense, no dia 13).

Recorde-se que a Selecção parte para o Chile no dia 16, onde cumpre três jogos inseridos na preparação (França, Chile e Itália) e no Mundial começa por defrontar Angola, Moçambique e EUA.

publicado por JPCosta às 12:18

 

Dentista, Árbitro, Juiz. Descubra as diferenças

 

Manuel Santos Silva, árbitro internacional de vela, conta ao i que nos últimos cinco meses esteve apenas quinze dias em casa
 
Recuemos vinte anos no tempo, aos dias em que a vida de Manuel Santos Silva se dividia entre as quatro paredes de um consultório e os quatro ventos da vela. Na altura desdobrava-se entre a medicina dentária e a tripulação de um barco no Algarve, até se aperceber de que passava mais tempo dentro de água do que em terra. Regressemos novamente a Agosto de 2011, ao dia em que Manuel Santos Silva conta ao i que nos últimos cinco meses esteve apenas quinze dias em casa. Hoje dedica-se exclusivamente à vela, como juiz, e foi um dos dois portugueses (com Miguel Allen) responsáveis pela arbitragem do Troféu Região de Múrcia, do circuito Audi MedCup, que terminou ontem em Cartagena, Espanha.

Como é que surge o interesse pela arbitragem?

Comecei a fazer vela tarde, mas já estou há mais de vinte anos ligado à modalidade. Primeiro como praticante, depois como árbitro, foi a evolução normal. Os anos começaram a pesar, principalmente quando se compete em alto nível, e por isso decidi enveredar pela parte da arbitragem. É também uma forma de continuar ligado à alta competição.

O Manuel é juiz internacional...

Sim, mas comecei como juiz em Portugal. Primeiro é preciso fazer-se parte de uma autoridade nacional e só depois é que se passa a juiz da Federação Internacional. Eu tenho graduação como juiz e como árbitro. Para isso é preciso frequentar um curso teórico e prático, e fazer um determinado número de provas de uma categoria para uma pessoa se poder candidatar. Depois há que manter. De quatro em quatro anos temos de apresentar uma renovação da graduação em que temos de ter o mínimo de provas feitas em determinado nível.

Disse que era juiz e árbitro. Quais são as diferenças?

Aqui na Audi MedCup estamos a fazer arbitragem directa. Ou seja, é como no futebol: vamos atrás do barco e assinalamos os incidentes. Se alguém infringiu alguma regra penalizamos o barco hasteando uma bandeira. Antes esta avaliação era feita numa sala e só no fim da regata é que cada velejador vinha contar a sua versão da história, aí temos uma função de juiz. Agora, na água, diz-se que é a função de árbitro. São duas graduações diferentes. Na água temos de trabalhar mais por antevisão. Na sala somos cinco e temos sempre tempo para discutir.

A participação nas provas é feita por nomeação ou convite?

As provas em que há nomeação são as provas organizadas pela federação internacional. O resto são as entidades organizadoras que convidam as pessoas que entendem. A primeira prova que fiz no circuito da Audi MedCup foi em Portugal, porque a organização quis ter um juiz português na prova. Depois, como conheço várias pessoas dentro do circuito, fui novamente convidado.

Qual é a maior dificuldade de ser árbitro?

É a antecipação. Se não antecipamos, quando damos por isso já não temos tempo de chegar lá e ver o que é que se passou.

Mas nem sempre é possível anteciparem tudo...

Está previsto que se por acaso não vemos alguma coisa, ou vemos mas não temos dados suficientes para decidir, podemos mostar uma bandeira cor-de-rosa. Significa que o barco poderá fazer um protesto. Mas há que evitar esta situação. Isto não é o futuro. O futuro é: não vemos, não marcamos. É claro que isso implica mais responsabilidades para o nosso lado, mas faz parte. Temos de estar preparados, e a experiência é fundamental.

Que dedicação é que isso implica?

Este ano posso dizer-lhe que desde o mês de Abril estive quinze dias em casa. Só consigo fazer isto porque estou divorciado. Dificilmente um casamento aguentaria uma situação destas. E até ao fim de Outubro também só devo ir duas semanas a casa.

A vela é trabalho ou é lazer?

Para mim é as duas coisas. Pagam-me pela maior parte das provas. Não é mais compensador do que o consultório, mas aqui tenho dormida, comida e viagens asseguradas, também ajuda. Materialmente não foi a melhor opção, mas como já tenho a família criada e menos responsabilidades... [risos] Depois, o dinheiro não é tudo na vida. E como eu não quero ser a pessoa mais rica do cemitério, até nem me posso queixar.
publicado por JPCosta às 08:00

30
Ago 11
publicado por JPCosta às 08:00

29
Ago 11

Venho por este meio comunicar a todos os interessados que iremos estar reunidos para iniciar a nova época, na próxima terça-feira (30-08) pelas 21h na Ass. de Caça, Escola Básica dos Louções, em Louções, Turquel.

Portanto, o mesmo local onde já realizamos outras acções de formação, para nos dedicarmos às regras do Hóquei em Patins.

Passem a palavra pelos colegas e apareçam.

Cumprimentos

Vítor Roxo
publicado por JPCosta às 18:30

28
Ago 11

A Selecção Nacional de Hóquei em Patins começa amanhã no Luso a preparação para a presença na 40ª edição do Campeonato do Mundo, que se realiza em San Juan, Argentina, de 24 de Setembro a 1 de Outubro. A equipa liderada tecnicamente por Rui Neto junta-se, assim, aos Sub-17 e Sub-20, selecções com o Europeu de Genève, Suíça, e o Mundial de Barcelos no horizonte, respectivamente.

Ricardo Silva (Benfica), Domingos Pinho (Oliveirense), Valter Neves (Benfica), Vítor Hugo (Oliveirense), Diogo Rafael (Benfica), Luís Viana (Benfica), Caio (FC Porto), Ricardo Barreiros (Liceo), André Azevedo (Oliveirense) e Reinaldo Ventura (FC Porto) são os dez eleitos escolhidos por Rui Neto para disputar o Mundial.

Portugal chega à mais importante competição entre selecções nacionais com o estatuto de vencedor do histórico Torneio de Montreux e começará a lutar pela primeira posição do Campeonato do Mundo diante de Angola a 25 de Setembro, seguindo-se Moçambique e Estudos Unidos de América nos dois seguintes.

publicado por JPCosta às 23:20

 

Luanda - A Selecção mundial de hóquei em patins conquistou esta tarde, no pavilhão Dream Space, no Kikuxi (Luanda) a 10ª edição do troféu José Eduardo dos Santos, ao vencer o Candelária de Portugal por 3-2 em partida da quinta e última jornada. 

 
Os golos da selecção mundial foram rubricados por Martin Payero em duas ocasiões enquanto que Carlitos rubricou o tento da consagração. 

 

Pela equipa portuguesa marcaram Tiago Resende e Tiago Rafael. 

 

Eis a trajectória dos vencedores: Liceu de la Coruña-Selecção mundial (0-3), Angola Sub 20 - Selecção mundial (0-5), África do Sul - Selecção Mundial(1-18), Angola-Selecção mundial (2-2), Candelária-Selecção mundial (2-3). 

 

A selecção mundial orientada por António Victor "Duke" é constituída pelos angolanos Toy Adão, Legas, Toy Gaspar, Kwenha, Maninho e Tiquinho, bem como os portugueses Carlitos e Paulo Santos.

Encerrou mais uma edição da taça Zé Dú

publicado por JPCosta às 22:49

Os que por lá continuam começaram cedo a ambientar-se à utilização da palavra undeca.

Para os dois reforços (os ex-oliveirenses Nélson Pereira e Tiago Santos) e um regressado (Caio), a definição, no âmbito desportivo, para a conquista de onze campeonatos consecutivos, passou a fazer parte do respectivo vocabulário. Um termo raramente utilizado, mas incontornável para esta nova temporada em torno da equipa de hóquei em patins do FC Porto.

Isso mesmo foi possível comprovar, ontem, na cerimónia de apresentação do plantel para a temporada 2011/12. Um exclusivo para a Comunicação Social e, após se descer um dos elevadores de acesso à arena do Dragão Caixa, ficou a sensação de que os portistas se tinham, finalmente, rendido ao futsal. Os jogadores recriavam-se nessa modalidade e, após as declarações do (novo) treinador Tó Neves e do (velho) capitão Filipe Santos, no resto do tempo aberto aos jornalistas, o plantel dividiu-se em dois grupos de cinco (o preparador físico preencheu a ausência de Pedro Gil, integrado na selecção espanhola) e fez uma peladinha de… futsal.

Nas entrevistas rápidas, Filipe Santos foi o primeiro a depor. Começou por antecipar o "desejo de enorme sucesso" para o amigo Tó Neves, pois tal significará que o FC Porto "cumpriu o objectivo de conquistar todos os títulos". Se bem que o camisola dois tenha referido que "não trocava a perda do título nacional, pela conquista da Liga dos Campeões".

Pelo gabinete, no desempenho das novas funções de team manager, ficou Franklin Pais, o ex-treinador e um dos grandes responsáveis por tornar mais conhecida a palavra undeca…

publicado por JPCosta às 20:11

Bonitas, simpáticas e dedicadas, são as mulheres que a cada ano estão ganhando espaço dentro do universo da arbitragem.

Elas sabem captar mais rapidamente as reais necessidades que a nobre função exige, pois são perfeccionistas e aplicadas e, assim ganham cada vez mais um lugar de destaque dentro da sociedade desportiva.

No entanto mesmo com o crescimento da presença feminina dentro da arbitragem o preconceito é o muro a ser derrubado. Este preconceito é observado em todos os seguimentos da sociedade, até mesmo de alguns companheiros que não as vêem como árbitros e sim como mulheres, por serem do sexo oposto possam obter certo privilégio dentro do universo da arbitragem.

Com tudo a expectativa é o crescimento cada vez maior da presença feminina dentro desta globalização que o mundo esta vivenciando, e, não será diferente na arbitragem.
A presença feminina não se resume na simpatia e beleza nos recintos desportivos, significa uma integração de pensamentos e atitudes entre homens e mulheres que resultam num ganho de diversidade no ambiente de trabalho.

O estereótipo criado historicamente de que a mulher só serve para cuidar do lar e dos filhos, vem sendo quebrado, assim possamos ter uma sociedade mais justa, com oportunidade iguais e sem descriminação, não somente no universo da arbitragem mais sim em todos os seguimentos do mundo globalizado.

 

Por Valter Ferreira Mariano



publicado por JPCosta às 08:00

publicado por JPCosta às 01:33
tags:

27
Ago 11

Técnico orienta dragão

Os 10 títulos seguidos atestam ao hóquei em patins do FC Porto o estatuto de maior favorito a mais um campeonato, mas esta será uma época diferente. Franklim Pais é agora team manager e Tó Neves regressou ao “clube de coração” para ser treinador a tempo inteiro.

“É um grande desafio que tenho pela frente e um trabalho diferente, num clube com uma dimensão enorme”, começa por dizer o técnico e ex-avançado que não teme, no entanto, a tarefa: “Tenho grande confiança nos jogadores que escolhi e na equipa que está comigo. “O principal desafio é chegarmos ao final do ano mais competentes do que somos agora”. Sobre os objetivos, a resposta é clara: “Lutar em todas as frentes, mas o campeonato será o grande suporte para qualquer outra prova.”

 

publicado por JPCosta às 19:28

Pelo segundo ano consecutivo, o Município da Lourinhã organiza o Torneio do Oeste de Hóquei em Patins, um evento que tem como principal objectivo promover e divulgar a modalidade no concelho e na região.


A iniciativa decorrerá nos dias 10 e 11 de Setembro no Pavilhão do Hóquei Clube da Lourinhã, contando com a participação de cinco equipas da região Oeste, uma da região de Lisboa e outra de Santarém, que estarão frente a frente nos escalões Benjamins e Seniores.

Nesta modalidade, caracterizada pela rapidez, técnica e espectacularidade, há ainda a registar jogos de exibição no escalão mais jovem - Bambis, com a presença de três equipas de região.

O Hóquei Clube da Lourinhã, Sport Alenquer e Benfica, Sporting Clube de Torres e o Hóquei Clube de Santarém são as equipas em competição no escalão Benjamins.

Já nos Seniores, alinha, novamente, o colectivo anfitrião - Hóquei Clube da Lourinhã (3ª Divisão Nacional) e as equipas da Biblioteca Instrução e Recreio (2.ª Divisão Nacional), Hockey Club de Sintra (2ª Divisão Nacional), e Associação de Educação Física e Desportiva de Torres Vedras (1ª Divisão Nacional).

As finais do torneio, disputado em regime de eliminatórias durante o dia 10, decorrem a 11 de Setembro, às 11h00, no escalão Benjamins e a partir das 18h30 nos Seniores.

A organização desta iniciativa cabe ao Município da Lourinhã, através da Divisão de Intervenção Social e Cultural/ Desporto e Saúde, com os apoios da Associação de Patinagem de Lisboa, Hóquei Clube da Lourinhã, Empresa Águas do Vimeiro e Global Frut.

Os calendários dos jogos e o regulamento do torneio encontram-se disponíveis no sítio municipal - www.cm-lourinha.pt.

publicado por JPCosta às 08:00

26
Ago 11

A convocatória final para o Mundial da Argentina, divulgada ontem pelo seleccionador nacional, Rui Neto, deixa de fora André Girão, João Rodrigues e Gonçalo Suíssas. O dez que Rui Neto levará a San Juan, à 39ª edição do Campeonato do Mundo, "mistura juventude com experiência", mas acima de tudo, e após "uma eleição difícil", reflecte "um grupo que dá garantias" e com muitos jogadores de características ofensivas. "Temos avançados de área, como Luís Viana, e outros mais defensivos, como Valter Neves, mas, em geral, no hóquei moderno todos têm de atacar e defender", disse Rui Neto, que arranca com o estágio no Luso na próxima segunda-feira, até à partida, no dia 16 de Setembro, para o Chile; foi o país escolhido para jogos de preparação com a equipa da casa, França e Itália. "O Chile será mais uma etapa na preparação, que deve ser gradual", explicou Neto, que não acredita numa vantagem especial para a Argentina pelo facto de jogar em casa. "Não fará viagens longas nem terá de se habituar à diferença horária, mas não é garantia." Aliás, nas quatro edições em casa a Argentina só venceu uma, em 1978. O Mundial, de 24 de Setembro a 4 de Outubro, começa, para Portugal, com um grupo acessível - Angola, Moçambique e EUA.

publicado por JPCosta às 18:58

Portugal é a nação com o maior número de títulos mundiais conquistados em Hóquei em Patins.Contudo,a Espanha,que venceu os 3 últimos mundiais ameaça terminar com o reinado lusitano.

Ao todo Portugal sagrou-se campeão do mundo em 15 ocasiões,a última das quais em 2003

  • 1936-Inglaterra
  • 1939-Inglaterra
  • 1947-Portugal
  • 1948-Portugal
  • 1949-Portugal
  • 1950-Portugal
  • 1951-Espanha
  • 1952-Portugal
  • 1953-Itália
  • 1954-Espanha
  • 1955-Espanha
  • 1956-Portugal
  • 1958-Portugal
  • 1960-Portugal
  • 1962-Portugal
  • 1964-Espanha
  • 1966-Espanha
  • 1968-Portugal
  • 1970-Espanha
  • 1972-Espanha
  • 1974-Portugal
  • 1976-Espanha
  • 1978-Argentina
  • 1980-Espanha
  • 1982-Portugal
  • 1984-Argentina
  • 1986-Itália
  • 1988-Itália
  • 1990-Espanha
  • 1991-Portugal
  • 1993-Portugal
  • 1995-Argentina
  • 1997-Itália
  • 1999-Argentina
  • 2001-Espanha
  • 2003-Portugal
  • 2005-Espanha
  • 2007-Espanha
  • 2009-Espanha

Nações com o maior número de Títulos.

  • Portugal-15
  • Espanha-14
  • Itália-4
  • Argentina-4
  • Inglaterra-2

Em 2011 o Mundial de Hóquei em Patins será realizado em San Juan na Argentina.

publicado por JPCosta às 09:03

A equipa de hóquei em patins do FC Porto inicia esta sexta-feira a preparação para a nova época, com o primeiro treino marcado para as 17h00, no Dragão Caixa.

Os decacampeões nacionais têm agendado um superflash 15 minutos antes, com as presenças do treinador Tó Neves e do capitão Filipe Santos.

Os primeiros 20 minutos do treino serão abertos à comunicação social.

 

In:http://paixaofcporto.blogspot.com

publicado por JPCosta às 08:00

Agosto 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12

15
16
17
18
19
20

21



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
pesquisar
 
pesquisar
 
Árbitros de Leiria/Época 2012/13
Nacional "A": ---- Nacional "B": António Peça, Armando Henriques, David Barros, Luís Correia, Orlando Ramos, Paulo Carvalho, Pedro Sousa, Vitor Roxo Regionais: Élio Rodrigues
blogs SAPO