Enobrecer, dinamizar e estimular, o saber ser e estar, dos árbitros deste conselho regional.

29
Fev 12

 

O Governo Regional, através da Direcção Regional do Desporto, atribuiu um total de apoios de 104.637 euros às modalidades de patinagem de velocidade, patinagem artística e hóquei em patins.

Através do contrato-programa, celebrado entre as Associações de Patinagem (S. Miguel, Terceira e Pico) e a Direcção Regional do Desporto, ficou estabelecido que o hóquei em patins terá um apoio de 50.798,00 euros, sendo 41.664,00 euros destinados à actividade regional, 6.360,00 à actividade nacional e 2.774,00 à arbitragem regional.

Já a patinagem de velocidade terá um total de apoios de 46.158,00 euros, sendo 13.030,00 para a actividade regional, 29.040,00 para apoio à actividade nacional, 1.348,00 para a arbitragem regional e 2.740 para a arbitragem nacional.

A patinagem artística contará com 7.681,00 Euros de apoio, sendo 7.208,00 para actividade nacional e 473,00 para a arbitragem nacional.

O contrato foi assinado na cimeira anual entre as associações e o director regional de desporto, onde foi também feito um balanço à situação da modalidade em cada uma das suas vertentes, relativas ao ano de 2011.

Assim, o hóquei em patins contava com 260 atletas federados, distribuídos por 14 clubes com 27 treinadores e 30 dirigentes. Esta modalidade tinha ainda 11 árbitros/juízes.

Já a patinagem de velocidade apresentava no ano passado 351 atletas federados, de 14 clubes com 19 treinadores e 16 dirigentes e contava com 31 árbitros/juízes.

Na patinagem artística existiam 211 atletas federados, em 14 clubes com quatro treinadores e dois dirigentes, existindo ainda 23 árbitros/juízes.

publicado por JPCosta às 10:26

Luís Viana, avançado da equipa de Hóquei em Patins, recebeu esta terça-feira o Galardão Cosme Damião para Atleta de Alta Competição do Ano.

Numa categoria em que foram também a votos Marco Fortes (lançamento do peso) e Laranjinha (Kickboxing), o número 44 benfiquista foi um dos distinguidos na noite do 108.º aniversário do Benfica.

 

Após receber o Galardão, Luís Viana dedicou o prémio a toda a equipa de Hóquei em Patins. “Este prémio também era bem entregue aos outros atletas nomeados, o Laranjinha e o Marco Fortes. Não é um prémio só meu, mas de um colectivo, de um grupo que trabalhado bem”, afirmou o hoquista.

 

Fotos: Gualter Fatia / SL Benfica

 

in:http://aovivo.slbenfica.pt

publicado por JPCosta às 10:24

A Federação de Patinagem de Portugal não deu razão ao Hóquei Clube "Os Tigres" de Almeirim e autorizou a transferência internacional do jogador Gonçalo Favinha, a quem o clube levantou um processo disciplinar. Em declarações a O MIRANTE, o presidente adjunto da federação Vítor Silva, disse que o processo de que Os Tigres se queixam de ter irregularidades foi analisado pela direcção e não se verificaram os pressupostos apontados pelo clube.

 

Os Tigres alegavam que o jogador que entrou no plantel este ano vindo do Sporting de Tomar tinha entregado uma declaração falsa de transferência, alegando que esta não tinha sido assinada pelo presidente do clube, Carlos Taborda. Chegou a falar-se em falsificação de assinatura, mas a federação concluiu que a assinatura e o carimbo constantes no documento são válidos e originais. A decisão já foi comunicada ao comité internacional da modalidade e Gonçalo Favinha pode a partir de agora ingressar num clube francês.

 

Recorde-se que o caso ocorreu a poucos dias de Os Tigres defrontarem em casa o primeiro classificado do campeonato da primeira divisão, o Porto. O clube de Almeirim conseguiu aguentar a pressão dos jogadores nortenhos, dificultou-lhes a vida e quando alguns esperavam uma goleada, Os Tigres acabaram por perder por uma margem mínima de 2-1. Gonçalo Favinha já não fez parte do grupo de jogadores, porque foi dispensado dos treinos e dos jogos.

 

O Hóquei Clube Os Tigres quando recebeu uma comunicação da federação a dizer que tinha dado entrada um pedido de transferência do jogador, decidiu proibir a entrada de Gonçalo Favinha nas instalações do clube e anunciou a abertura de um processo disciplinar bem como o envio de uma reclamação para a federação. Na altura, contactado o presidente de Os Tigres, este confirmou a situação.

 

A declaração de transferência internacional do jogador foi nessa altura suspensa, mas agora foi considerada válida. O MIRANTE sabe que entretanto o jogador fez chegar uma carta de rescisão de contrato alegando justa causa por atrasos no pagamento dos ordenados.

publicado por JPCosta às 10:22

Antevisão à próxima jornada

A equipa de Hóquei em Patins do Sport Lisboa e Benfica defronta, este sábado, o Óquei de Barcelos e, à Benfica TV, João Rodrigues perspectivou o que se poderá passar no Pavilhão Império Bonança.

 

“As nossas expectativas passam por ganhar o jogo, pois queremos ser campeões. Para o sermos temos de ganhar os nossos jogos e o Óquei de Barcelos faz parte desse caminho”, destacou.

 

João Rodrigues analisou ainda o próximo oponente na competição. “O Óquei de Barcelos é uma equipa muito complicada e homogénea. Tem oito jogadores ao mesmo nível, empregando bom ritmo à partida, mas nós estamos preparados para isso, pois também temos jogadores que permitem que coloquemos um ritmo alto no jogo”, referiu.

 

Já sobre a recta final da época, o hoquista preferiu não fazer nenhum cenário: “Vamos jogo a jogo. Para que a recta final seja ao rubro teremos de ganhar todos os jogos até ao fim.” 

 

O jogo da 18.ª jornada do Campeonato Nacional está agendado para as 19 horas deste sábado, dia 3 de Março, no Pavilhão Império Bonança.

 

In:http://aovivo.slbenfica.pt

publicado por JPCosta às 10:12

27
Fev 12

Convocam-se todos os árbitros do CRA de Leiria, para a reunião a efectuar nas instalações da Associação de Patinagem, no dia 29 de Fevereiro de 2012 (Quarta-Feira), com inicio marcado para as 21H00. 

 

O Presidente do CRA Leiria

João P. F.Costa 

publicado por JPCosta às 11:10
tags:

O Tigres moralizou-se com a presença do decacampeão e obrigou os dragões a um esforço suplementar. O jogo foi equilibrado, mas a maior experiência da equipa de Tó Neves acabou por recompensar os dragões, que venceram por 1-2 e, assim, mantiveram a liderança. O guarda-redes da equipa anfitriã, André Azevedo, foi o melhor em campo, contribuindo para que o equilíbrio fosse a nota dominante. Azevedo evitou golos dos portistas, mas, no ataque, os anfitriões cometeram erros no último passe e remataram demasiadas vezes ao lado. O primeiro golo do FC Porto acabou por surgir durante um período menos intenso do jogo, mas após um erro de avaliação da equipa de arbitragem: houve falta, mas fora da área. Tiago Santos foi chamado a marcar e fê-lo na recarga. A equipa da casa reagiu dois minutos depois, por Diogo Lã. No segundo tempo, o FC Porto entrou mais pressionante e os guarda-redes sobressaíram. O Tigres falhou dois livres-diretos e o decacampeão, um. De um erro de marcação, surgiu o golo da vitória portista.

 

A FIGURA: Tiago Santos

 

Mantém dragões na frente

 

Os dois golos de Tiago Santos foram determinantes na vitória do FC Porto. Foi o mais esclarecido e o que, ao longo de todo o jogo, maiores dificuldades criou à equipa ribatejana. Travou com o guarda-redes do Tigres um duelo intenso e levou a melhor. Manteve os azuis e brancos na liderança.

 

Tigres 1

FC Porto 2

 

Pavilhão Alfredo Calado, Almeirim

1º árbitro António Teixeira (Minho)

2º árbitro Rego Lamela (Minho)

3º árbitro Armando Henriques (Leiria)

publicado por JPCosta às 10:14

26
Fev 12

 FC Porto venceu, esta tarde, o HC Tigres por 2-1, em jogo a contar para a 17ª Jornada do Campeonato Português de Hóquei em Patins, disputado no Pavilhão Municipal de Almeirim.

Os golos da partida foram marcados por Diogo Lã, para a formação da casa, e por Tiago Santos (por duas vezes) para o FC Porto, que certamente não esperava por tantas dificuldades.

Com este bis, Tiago Santos foi considerado o MVP da partida, que ficou marcada pelos vários cartões azuis distribuídos aos jogadores de ambas as equipas e pelas inúmeras reclamações do técnico Tó Neves, que por vezes teve de ser acalmado pelo staf técnico portista.

Nos restantes encontros da jornada, destaque para as goleadas do Benfica no terreno do Riba D’Ave (10-4) e do Paço de Arcos no reduto do Infante de Sagres (9-0), que assim continua a ocupar o último lugar da tabela classificativa.

Os desafios entre a Ac. Espinho e o Juventude de Viana, e entre o Valongo e o Física de Torres Vedras acabaram empatados, enquanto Candelária e Oliveirense venceram, fora de casa, o HC Braga e o Óquei de Barcelos, respectivamente.

 

Resultados da 17ª Jornada do Campeonato Português de Hóquei em Patins:

Infante Sagres – Paço de Arcos (0-9)
Ac. Espinho – Juventude de Viana (6-6)
Valongo – Física Torres Vedras (3-3)
Riba D’Ave – Benfica (4-10)
HC Braga – Candelária (3-7)
HC Tigres – FC Porto (1-2)
Óquei de Barcelos – Oliveirense (2-4)

 

Jornalista: João Miguel Pereira

publicado por JPCosta às 13:40

publicado por JPCosta às 08:00
tags:

24
Fev 12

O Hóquei Clube Os Tigres, de Almeirim, proibiu a entrada do jogador Gonçalo Favinha nas instalações do clube por alegadas irregularidades cometidas num processo de transferência para um clube estrangeiro.

O jogador ex-União de Tomar foi contratado esta época.

Contactado o presidente de Os Tigres, este confirma que o jogador foi dispensado dos treinos e dos jogos e que está proibido de entrar nas instalações.

Carlos Taborda disse ainda a O MIRANTE que foi feita uma reclamação formal na Federação de Patinagem de Portugal e que o jogador está a ser alvo de um processo disciplinar por parte do clube.

A declaração de transferência internacional do jogador está suspensa na sequência de uma exposição do clube para o Comité Internacional de Hóquei em Patins.

O MIRANTE sabe que entretanto o jogador fez chegar uma carta de rescisão de contrato alegando justa causa por atrasos no pagamento dos ordenados.

publicado por JPCosta às 12:58

O Benfica entrou na segunda volta do Nacional de hóquei em patins com o pé direito e manteve a distância de dois pontos para o FC Porto. Contra o Braga, equipa com quem tinha empatado na primeira jornada, os encarnados somaram a terceira vitória consecutiva - duas para o campeonato e uma para a Liga Europeia - mas o resultado não espelha as dificuldades que sentiram.

Na primeira parte, o nulo deveu-se à qualidade de duas gerações de guarda-redes. Ricardo Silva, atual guardião da Seleção Nacional, de 28 anos, impediu que o ímpeto inicial dos bracarenses se traduzisse em golos, principalmente nas oportunidades do irrequieto Hélder Nunes. Já Guilherme Silva, campeão do mundo em 1993 e 2003, demonstra que, aos 41 anos, mantém as suas qualidades intactas, negando golos a Cacau e Diogo Rafael.

O segundo tempo começou frenético. Logo aos quatro segundos, João Rodrigues inaugurou o marcador. A resposta do Braga demorou menos de um minuto, com Hélder Nunes a empatar de livre direto, mas Cacau, aproveitando o facto de o adversário jogar com menos um, recolocou a vantagem. A partir daí, e sem pressão, o Benfica embalou até à goleada.

publicado por JPCosta às 09:36

As melhores equipas universitárias de hóquei em patins do país vão competir em Valongo no próximo dia 27 de fevereiro.

A Universidade do Porto organiza o evento, denominado de Torneio Universitário de Campeões de Hóquei em Patins, o qual vai ter lugar no Pavilhão Municipal de Valongo.

Oito horas do melhor hóquei universitário (das 10h00 às 18h00) com a participação das quatro últimas equipas campeãs nacionais universitárias de hóquei em patins masculino, nomeadamente a Universidade do Porto, a Universidade do Minho, o Instituto Politécnico do Porto e a Associação Académica de Coimbra.

Pela primeira vez, paralelamente à competição masculina, a Universidade do Porto (UP) organiza uma competição de hóquei em patins feminino. Nesta competição estará presente a equipa da UP e as equipas convidadas do Instituto Politécnico do Porto, da Universidade Técnica de Lisboa e da Associação Académica de Coimbra.

Para mais informações consulte a página de facebook do GADUP em www.facebook.com/DesportoUPorto ou consulte o site http://sigarra.up.pt/sasup/. CS / GADUP

publicado por JPCosta às 09:33

Ricardo Silva: «Pensamos jogo a jogo»

O Benfica venceu o HC Braga por 5-2 na quarta-feira, em jogo da 16.ª jornada do campeonato nacional. Ricardo Silva, guarda-redes dos encarnados, sublinhou que o grupo está concentrado em ultrapassar cada etapa para chegar ao título.

“Pensamos jogo a jogo. Conseguimos os 3 pontos frente ao HC Braga, uma equipa que defende muito bem e com um guarda-redes que continua a ser um dos melhores, mas conseguimos uma boa vitória”, afirmou à Benfica TV.

E prosseguiu: “Notou-se a rotatividade dos nossos jogadores, mas a equipa não baixou o ritmo e só assim conseguimos este resultado”.

publicado por JPCosta às 00:41

De regresso aos Dragões e à "melhor cidade do mundo", após dois anos no Benfica, Caio está, provavelmente, no melhor momento da sua carreira. Nesta entrevista, o hoquista foi franco e abdicou de qualquer jogo táctico, mas não deixou de olhar pelo retrovisor e reconhecer erros do passado.

O número oito do FC Porto Império Bonança passa em revista o seu percurso e mesmo os hobbies, entre os quais se encontra o karting. Por isso, recordou tempos de infância, no Cabo do Mundo, em Perafita, onde viu muitas vezes o pai correr.

Quais foram as razões do seu regresso ao FC Porto?
As razões foram basicamente as inversas das que me levaram a sair. Apenas saí do FC Porto por questões meramente pessoais, porque em termos desportivos é impossível encontrar melhor em Portugal. As razões pessoais já não existem e, a partir daí, o meu desejo foi regressar a casa, à minha cidade e, de preferência, ao FC Porto. Na altura em que foi noticiada a minha saída do Benfica, a primeira pessoa a ligar-me foi o senhor Ilídio Pinto e, apesar de não termos feito nenhum acordo, comprometi-me logo com ele. E cá estou.

É aqui que se sente em casa?
Completamente em casa. É a minha cidade, a que eu mais adoro, por variadíssimas razões. Foi aqui que nasci e que tenho a minha família e amigos. Desde sempre fui acarinhado no clube e acho que sempre retribuí esse carinho. Sinto que as pessoas gostam da maneira como jogo e da minha forma de ser, que se enquadra no clube. E agora espero ficar até me aturarem [risos].

O facto de ter vivido em Lisboa aumentou o seu sentimento pelo Porto?
Aumentou. Só damos valor ao que não temos. Muita gente acha que em Lisboa é que é, mas sinceramente nunca tive esse fascínio. Depois de ter ido para lá, sentia falta das pequenas coisas do dia-a-dia, como ir ao café com os amigos. Não tinha lá amigos muito próximos, porque os que mantenho são quase todos de infância. Mesmo estando longe, sempre que podia, dava um salto ao Porto. E daí consegui perceber que o Porto é a melhor cidade do mundo.

Sente que, esta época, é mais titular e decisivo do que alguma vez foi?
Um dos grandes pilares da nossa equipa é que não há titulares. Têm de começar cinco de início, mas entre nós não há essa divisão. Estamos todos a remar para o mesmo lado. Julgo que é isso que faz o sucesso do FC Porto em todas as modalidades: não há ninguém a “minar” porque não joga. Neste momento ainda estou numa fase de adaptação, porque estou a jogar mais atrás, o que é algo que nunca tinha feito, mas tanto eu como a equipa estamos a atravessar um bom momento.

Como foi decidido que iria começar a jogar como defesa-médio ou playmaker?
Houve uma conversa com o Tó Neves, que me perguntou se não ficava chateado, se não me "importava". Disse-lhe que não, até podia ir para a baliza... Se puder, dou o meu melhor. Há jogadores que são postos noutra posição e têm medo de não corresponder. Acho que isso é uma atitude um bocado egoísta: não ando aqui para me sentir bem, mas para servir o clube, o treinador e a equipa.

Tem gostado das novas funções?
Acho que no hóquei de hoje já não há aquela divisão entre defesas e avançados. Este é um jogo fundamentalmente de contra-ataque e, dada a velocidade que imprimimos no jogo, há alturas em que os defesas estão na frente e os avançados é que estão a defender. Em termos ofensivos não tive grandes dificuldades, porque já costumava jogar por fora, mais a organizar e a servir do que propriamente a finalizar. O que mais me custou foi a parte defensiva: o Pedro Moreira, que está mais habituado, tenta ajudar-me e preocupa-se com o jogador que eu estou a marcar, porque sabe que posso falhar em algumas jogadas. Até agora tem sido bom.

 

In:http://www.fcporto.pt

publicado por JPCosta às 00:36

23
Fev 12

ÁGUIAS BATERAM HC BRAGA EM CASA POR 5-2

O Benfica recebeu e venceu, esta quarta-feira, o HC Braga por 5-2, em jogo da 16.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins. Com este triunfo, os encarnados continuam a dois pontos do líder e decacampeão FC Porto, que ontem regressou às vitórias frente ao Paço de Arcos.

Os encarnados dominaram a partida mas Guilherme Silva, com boas intervenções, manteve o nulo até ao intervalo. No reatamento, João Rodrigues adiantou as águias mas Hélder Neves empatou. A partir daqui, as águias tomaram conta da partida e João Rodrigues anotou mais dois golos, com Cacau e Sérgio Silva a faturarem também. Hélder Neves bisou perto do final e fixou o resultado final.

 

Candelária e Tigres têm de escolher nova data

fpp não aceita o dia 1 de maio

O jogo Candelária-Os Tigres, referente à 16.ª jornada do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão, agendado inicialmente para amanhã, na Ilha do Pico, ainda não tem data definida.

No dia 31 de outubro, a equipa de Almeirim propôs ao Candelária o adiamento para 1 de maio. Conseguido o acordo com a formação açoriana, a informação foi enviada para a Federação (FPP)em janeiro. Só que a FPP, depois de aceitar o adiamento, acabou por recusar aquela data.

“O campeonato não pode ficar coxo. Já bastou o que se passou com o Porto Santo. A realização do jogo na data proposta fazia com que houvessem duas jornadas de diferença. Agora vamos em conjunto com Os Tigres encontrar uma solução, que passará por uma nova data”, disse-nos, ontem, o vice-presidente federativo Paulo Rodrigues.

publicado por JPCosta às 08:35

  

publicado por JPCosta às 08:25
tags:

Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


25

28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
pesquisar
 
pesquisar
 
Árbitros de Leiria/Época 2012/13
Nacional "A": ---- Nacional "B": António Peça, Armando Henriques, David Barros, Luís Correia, Orlando Ramos, Paulo Carvalho, Pedro Sousa, Vitor Roxo Regionais: Élio Rodrigues
blogs SAPO